publicidade
cria
IMPRESSO MAIS

Mulher revela que se jogou de pr√©dio para não morrer: "Não aguentava mais apanhar"; assista v√≠deo

Por Natane Ramos em 13/06/2024 às 21:10:34
Jovem que se jogou de prédio no domingo (9), revelou detalhes sobre momento | Bnews - Divulgação Reprodução/TV Bahia

Jovem que se jogou de prédio no domingo (9), revelou detalhes sobre momento | Bnews - Divulgação Reprodução/TV Bahia

A vítima de 27 anos, que se jogou do quinto andar de um prédio de luxo na Paralela, em Salvador, no último domingo (9), revelou que não estava tentando tirar sua vida, e sim evitar que fosse novamente agredida por empres√°rio de 39 anos, que foi detido em flagrante e levado em audi√™ncia de custódia na terça-feira (11).

Durante uma entrevista ao jornal Correio, Hilda revelou detalhe das agressões e viol√™ncia de Igor, que resultaram no seu desespero para se livrar da situação, acabando por se jogar do prédio.

Segundo a vítima, as agressões iniciaram na madrugada do domingo enquanto ela estava tentando dormir. Hilda revelou que chegou a ficar "anestesiada" devido as longas horas em que sofreu agressões, e depois se trancou no quarto e se jogou da janela para fugir de Igor.

"Eu não conseguia falar e nem chorar, não aguentava mais apanhar. No momento em que ele me deixou um segundo dentro do quarto, que eu vi que estava com chave, fechei. Vi a janela e fui na janela mesmo. De l√°, vi ele tentando abrir, porque ele tinha todas as chaves. Cheguei a ver o olho dele no momento que eu estava do outro lado da janela. Foi quando eu disse pra mim mesma que não ia deixar ele me botar para dentro da casa de novo, porque eu não ia sair mais viva, não teria outra oportunidade", relatou.

Na hora do desespero, a vitima informou que não pensou na altura e sim em salvar a sua própria vida. A mulher informou que estava certa de que Igor a mataria no apartamento.


"Ele disse a todo o momento que eu não ia sair dali viva, que eu j√° estava morta. Ele ria de mim, ele caçoava, debochava, me humilhava. Dizia que eu não era nada, que eu não era ninguém e que ele era bandido. Falava que eu ia morrer, que eu j√° estava morta. Eu pedia para sair e ele em nenhum momento deixou. Tentei sair v√°rias vezes, mas ele me puxava pelo cabelo e me jogava de novo no chão", explicou.

A vítima ainda revelou que estava gr√°vida e que o empres√°rio sabia disso, mas que o fato não o impediu de a agredir, fazendo com que ela perdesse o beb√™.

Entre as feridas físicas, a jovem teve a coluna fraturada, a bacia e perna, além de ter todos os dedos do pé esquerdo quebrados. Devido as cabeçadas, a mulher precisou receber 22 pontos na testa, além de ter quebrado um osso das n√°degas.

Assista vídeo:



Fonte: BNews

Comunicar erro
IMPRESSO MAIS 2

Coment√°rios