publicidade
cria
IMPRESSO MAIS

A Pol√≠cia Federal (PF) investiga desvios de recursos na √°rea do transporte escolar na BA; esquema criminoso contava com 'laranjas' e fraudes em licitações; assista v√≠deo

Investigações apontaram esquema especializado em fraudar licitações da Prefeitura de Jeremoabo, no norte do estado, atrav√©s de contratos irregulares que superfaturaram preços.

Por Redação G1 BA em 24/05/2024 às 13:48:07
Um dos mandados foi cumprido na sede da Secretaria Municipal de Jeremoabo. ¬- Foto: Divulgação/PF

Um dos mandados foi cumprido na sede da Secretaria Municipal de Jeremoabo. ÔŅĹ- Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal investiga um esquema criminoso especializado em fraudar licitações da Prefeitura de Jeremoabo, no norte da Bahia, através de contratos irregulares com o município, na √°rea de transporte escolar, com superfaturamento de preços.

Polícia Federal investiga desvio de recursos em Prefeitura da Bahia assista vídeo: https://globoplay.globo.com/v/12622368/

Na manhã desta sexta-feira (24), policiais federais cumpriram seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Jeremoabo e Paulo Afonso. Um dos endereços alvos da medida foi a sede da Secretaria Municipal de Educação de Jeremoabo.

A produção da TV São Francisco, afiliada da TV Bahia, entrou em contato com a Prefeitura de Jeremoabo, mas não recebeu resposta até a última atualização desta reportagem.

Segundo a PF, o esquema criminoso contava com:

  • "laranjas" como propriet√°rios das empresas contratadas, que ocultavam o benefici√°rio da fraude;
  • alteração da razão social das empresas, disfarçando a continuidade do crime;
  • inclusão de novas empresas pertencentes ao mesmo grupo criminoso para participar das licitações fraudulentas.


Esquema criminoso contava com

Esquema criminoso contava com "laranjas" como propriet√°rios das empresas contratadas, que ocultavam o benefici√°rio da fraude; — Foto: Divulagção/PF


De acordo com a PF, também foram disponibilizadas licitações por meio de pregões eletrônicos. Nesta modalidade, as investigações apontaram que não eram disponibilizados todos os documentos e/ou links necess√°rios para a participação de outras empresas no certame na plataforma utilizada para fazer a publicidade dos atos, ou se dificultava o acesso para incluir/encaminhar documentos.

Essas "manobras", conforme a Polícia Federal, geravam a desclassificação das empresas participantes e a restrição da concorr√™ncia.


Mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de Jeremoabo e Paulo Afonso — Foto: Divulgação/PF

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de Jeremoabo e Paulo Afonso — Foto: Divulgação/PF


Os mandados de busca e apreensão cumpridos nesta sexta t√™m o objetivo de colher elementos para aumentar as evid√™ncias de fraudes e dos desvios de recursos públicos praticados em desfavor do município e da União, além de revelar outros envolvidos por ventura ainda não identificados.

Até por volta das 13h, uma arma de fogo e R$ 113 mil foram apreendidos na ação.



Fonte: G1 BA

Comunicar erro
IMPRESSO MAIS 2

Coment√°rios