publicidade
cria

Baixa Grande tem a primeira turma Pedreiro Rural 100% com mulheres promovido pelo SENAR e Sindicato Rural; assista vídeo

Por Ediomário Catureba - DRT 8484-BA em 15/05/2024 às 11:21:11
Ediomário Catureba

Ediomário Catureba

Através do Sindicato Rural de Baixa Grande e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR, vários cursos vem sendo realizados em Baixa Grande e região, a exemplo de panificação, bolos confeitados, eletricistas, pedreiros entre outros, e na segunda-feira, 13 de maio de 2024, um marco na história de Baixa Grande, pela primeira fez uma turma formada 100% de mulheres.


Reportagem em Vídeo


Com apoio da Agente Comunitária de Saúde, Maria Aparecida Góes do Nascimento - Cida Góes e seu grupo intitulado de Fênix, 15 mulheres das comunidades de Recurso, Santana e Baliza, decidiram ingressarem na carreira de pedreira. Este é o sétimo curso na comunidade promovido pela SENAR, desta vez serão duas semanas, a primeira com 15 mulheres e segunda com 15 homens, ambas turma em Pedreiro Rural.

Com duração de 40 horas em 5 dias, as aulas estão sendo ministradas pelo Engenheiro Civil, Clodoaldo Miranda, e serão abordados diversos temas teórico e prático da profissão de pedreiro.

Viviana da Silva, conta que seu pai e dois irmãos são pedreiros, seu desejo também era aprender a profissão, e nunca teve quem ensinasse, com o curso do SENAR, pretendo aprender e dedicar em construção.

Para iniciar o curso, as duas turmas se uniram e promoveram um café da manhã, com cada um apresentando, falando de seus desejos pela profissão e as regras durante os dias de aula. O Presidente do Sindicato Rural de Baixa Grande, Júlio Cotias, participou da abertura do curso e parabenizou à comunidade pelo empenho e apoio viabilizando os curso do SENAR.

Também teve início nesta segunda-feira, um Curso de Pedreiro Rural em parceria do Sindicato Rural de Baixa Grande e SENAR com filiados e filiadas da Associação do Morro Pelado, as aulas estão sendo ministrada por Kelvin Silva.














Fotos: Ediomário Catureba


Fonte: Catureba.com.br

Comunicar erro

Comentários